Escolha uma Página

Acervo | Ronaldo Macedo

anterior proximo

Trabalhos

Currículo

Ronaldo do Rego Macedo (Rio de Janeiro RJ 1950). Pintor e professor. Inicia sua formação artística em 1969 no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – MAM/RJ, onde estuda com Ivan Serpa e Anna Bella Geiger. Entre 1971 e 1975, trabalha no serviço de monitoria do MAM/RJ. Participa em 1973 da 12ª Bienal Internacional de São Paulo. Em 1975, faz sua primeira individual, na Fundação Cultural, em Brasília, e recebe o prêmio aquisição do Salão de Verão JB/Light, no MAM/RJ. Passa a lecionar história da arte no Centro Universitário Profissional – CUP, no Rio de Janeiro, em 1978. Atua como diretor, em parceria com outros artistas, da Galeria do Instituto de Arquitetos do Brasil – IAB, no Rio de Janeiro, durante o ano de 1981. Leciona, entre 1981 e 1986, na Faculdade do Centro Educacional de Niterói – Facen. De 1982 a 1989, dirige, com Ascânio MMM (1941), a Galeria do Centro Empresarial Rio. Participa da sala especial Em Busca da Essência: Elementos da Redução na Arte Brasileira, na 19ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1987. É professor de pintura na Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV/Parque Lage, no Rio de Janeiro desde 1977.

 

Exposições Individuais

1983 – Rio de Janeiro RJ – Pinturas, na Galeria Paulo Klabin
1985 – Rio de Janeiro RJ – Ronaldo do Rego Macedo: pinturas, na Galeria Paulo Klabin
1988 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Saramenha
1990 – Rio de Janeiro RJ – Ronaldo do Rego Macedo : 20 anos de pintura, no Museu de Arte Moderna
1993 – Rio de Janeiro RJ – Ronaldo do Rego Macedo: cores, no Instituto Brasil Estados Unidos
1994 – Vitória ES – Mais Cores, na Galeria de Artes e Pesquisa da Ufes – Capela Santa Luzia
1996 – Rio de Janeiro RJ – Pinturas, no Paço Imperial
1998 – Niterói RJ – Individual, na Galeria do Poste Arte Contemporânea
1999 – Rio de Janeiro RJ – Objetos Diretos Arte Contemporânea
2002 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Ipanema

 

Exposições Coletivas

1972 – Campinas SP – 8º Salão de Arte Contemporânea de Campinas, no MACC – prêmio aquisição
1972 – Rio de Janeiro RJ – 4º Salão de Verão, no MAM/RJ – referência especial do júri
1972 – Rio de Janeiro RJ – Quatro Artistas Jovens, na Galeria Ibeu
1973 – São Paulo SP – 7ª Jovem Arte Contemporânea, no MAC/USP
1973 – São Paulo SP – Salão Nacional de Arte Moderna, no MAM/SP
1973 – São Paulo SP – 12ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1975 – Rio de Janeiro RJ – 7º Salão de Verão, no MAM/RJ – prêmio aquisição
1977 – Ottawa (Canadá) – Coletiva, na Galeria Nacional
1978 – Rio de Janeiro RJ – Arte Agora: América Latina, geometria sensível, no MAM/RJ
1979 – Buenos Aires (Argentina) – Mostra Panorama da Nova Pintura Latino-Americana
1979 – Montevidéu (Uruguai) – Mostra Panorama da Nova Pintura Latino-Americana
1980 – Rio de Janeiro RJ – Outra Pintura, na Livraria Noa Noa
1982 – Rio de Janeiro RJ – Mostra Arte Brasileira
1984 – São Paulo SP – Coleção Gilberto Chateaubriand: retrato e auto-retrato na arte brasileira, no MAM/SP
1986 – Rio de Janeiro RJ – Território Ocupado, na EAV/Paque Lage
1987 – São Paulo SP – 19ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1988 – México – Arte Latino-Americana Contemporânea, no Museu de Arte Contemporânea
1988 – Rio de Janeiro RJ – Abolição, na Galeria de Arte Ipanema
1989 – Rio de Janeiro RJ – Rio Hoje, no MAM/RJ
1990 – Rio de Janeiro RJ – Acervo Contemporâneo, na Galeria de Artes UFF
1992 – Rio de Janeiro RJ – A Caminho de Niterói: Coleção João Sattamini, no Paço Imperial
1992 – Rio de Janeiro RJ – Brazilian Contemporary Art, na EAV/Parque Lage
1992 – São Paulo SP – Anos 60/70: Coleção Gilberto Chateaubriand/Mauseu de Arte Moderna-RJ, na Galeria de Arte do Sesi
1995 – Lausanne (Suiça) – Rio: mistérios e fronteiras, no Musée de Pully
1996 – Niterói RJ – Arte Contemporânea Brasileira na Coleção João Sattamini, no MAC/Niterói
1996 – Rio de Janeiro RJ – Rio: mistérios e fronteiras, no MAM/RJ
1998 – Niterói RJ – Espelho da Bienal, no MAC/Niterói
1998 – São Paulo SP – O Moderno e o Contemporâneo na Arte Brasileira: Coleção Gilberto Chateaubriand – MAM/RJ, no Masp
1999 – Rio de Janeiro RJ – 500 Anos Depois no Rio: pinturas, no Espaço Cultural dos Correios
2001 – Rio de Janeiro RJ – Galeria do Poste, no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo
2003 – Petrópolis RJ – Conexão Petrópolis, no Museu Imperial
2003 – Rio de Janeiro RJ – Pequenos Formatos, na Galeria LGC Arte Hoje
2004 – Rio de Janeiro RJ – Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira, no MNBA

anterior proximo

Pin It on Pinterest

Share This