Escolha uma Página

Acervo | Oscar Niemeyer

anterior proximo

Trabalhos

Currículo

Oscar Niemeyer (Rio de Janeiro RJ 1907 – idem 2012)

Arquiteto e urbanista.

Oscar Ribeiro de Almeida de Niemeyer Soares formou-se em arquitetura pela Escola Nacional de Belas Artes (Enba), no Rio de Janeiro, em 1934. Nesse ano, passa a freqüentar o escritório do arquiteto e urbanista Lucio Costa (1902-1998). Em 1936, integra a comissão criada para definir os planos da sede do Ministério da Educação e Saúde (MES), no Rio de Janeiro, com a supervisão do arquiteto franco-suíço Le Corbusier (1887-1965), a quem assiste, como desenhista. Baseado no projeto do arquiteto, Niemeyer sugere alterações que são adotadas na construção do edifício. Entre 1940 e 1944, projeta, por encomenda do então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitschek (1902-1976), o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, que se configura como um marco de sua obra, pois rompe com os conceitos rigorosos do funcionalismo e utiliza uma linguagem de formas novas, de superfícies curvas, explorando as possibilidades plásticas do concreto armado. Em 1947, é convidado pela Organização das Nações Unidas (ONU) a participar da comissão de arquitetos encarregada de definir os planos de sua futura sede em Nova York. Seu projeto, associado ao de Le Corbusier, é escolhido como base do plano definitivo. No Rio de Janeiro, em 1955, funda a revista Módulo e no ano seguinte começa, a convite do presidente da República, Juscelino Kubitschek, a colaborar na construção da nova capital do Brasil, Brasília, cujo plano urbanístico é confiado a Lucio Costa. Em 1958, é nomeado arquiteto-chefe de Brasília, para onde se transfere e permanece até 1960. Entre os projetos mais importantes de Niemeyer destacam-se o Parque do Ibirapuera, São Paulo, 1951 a sede do Partido Comunista Francês, Paris, 1965 a Escola de Arquitetura de Argel, Argélia, 1968 a sede da Editora Mondadori, Milão, Itália, 1968 e a sede do jornal L’Humanité, Saint-Denis, França, 1987.

Exposições Individuais

1964 – Brasília DF – Oscar Niemeyer, 90 Dias em Israel, no Hotel Nacional
1964 – Rio de Janeiro RJ – Oscar Niemeyer, 90 Dias em Israel
1965 – Paris (França) – Oscar Niemeyer, L’Architecte de Brasília, no Musée des Arts Décoratifs
1969 – São Paulo SP – 70 Projetos Mais Importantes de Oscar Niemeyer, na FAU/USP
1980 – Florença (Itália) – Individual, no Claustro Santa-Croce
1980 – Paris (França) – Individual, no Musée National d’Art Moderne. Centre de Création Industrielle
1980 – Veneza (Itália) – Individual, no Palazzo Grassi
1983 – Rio de Janeiro RJ – Individual, no MAM/RJ
1986 – Brasília DF – Individual, no Congresso Nacional
1987 – Curitiba PR – Oscar Niemeyer 80 Anos, no Palácio do Iguaçu
1987 – Rio de Janeiro RJ – Oscar Niemeyer 80 Anos, no MAM/RJ
1987 – Turim (Itália) – Oscar Niemeyer Architetto, no Palazzo Vela
1988 – Rio de Janeiro RJ – Oscar Niemeyer: alguns desenhos, um monumento e seu mais recente projeto, na Galeria Anna Maria Niemeyer
1989 – Compenhague (Dinamarca) – Individual, no Dansk Arkitektur Center – Gammel Dok
1990 – Barcelona (Espanha) – Individual, na Fundació la Caixa
1994 – Rio de Janeiro RJ – Como Nasce a Arquitetura, na Fundação Oscar Niemeyer
1995 – Rio de Janeiro RJ – Oscar Niemeyer: desenhos e croquis, na Galeria Anna Maria Niemeyer
1997 – Niterói RJ – Oscar Niemeyer: a arquitetura e a vida, no MAC/Niterói
1997 – Salvador BA – Oscar Niemeyer: desenhos e croquis, na Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Arquitetura
1997 – São Paulo SP – Os Museus de Oscar Niemeyer, no MAM/SP
1997 – São Paulo SP – Oscar Niemeyer 90 Anos, na Fundação Memorial da América Latina
1999 – Niterói RJ – Oscar Niemeyer: esculturas, no MAC-Niterói
2001 – Lisboa (Portugal) – Oscar Niemeyer 2001, no Parque das Nações. Pavilhão de Portugal
2003 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Anna Maria Niemeyer
2004 – São Paulo SP – Oscar Niemeyer, no Instituto Tomie Ohtake
2005 – São Paulo SP – Homenagem a Niemeyer: esboços do Memorial, no Memorial da América Latina
2006 – Belo Horizonte MG – Oscar Niemeyer: o poeta da arquitetura, na Fundação Clóvis Salgado
2007 – Belo Horizonte MG – Oscar Niemeyer: arquiteto, brasileiro, cidadão, na Galeria Alberto da Veiga Guignard
2007 – Belo Horizonte MG – Oscar Niemeyer: arquiteto, brasileiro, cidadão, no Museu de Arte da Pampulha
2007 – Rio de Janeiro RJ – Oscar Niemeyer 10/100: a produção contemporânea 1996-2006, no Paço Imperial
2008 – São Paulo SP – Coleção Niemeyer, no MAC/USP
2008 – Las Condes (Chile) – La Invención del Tiempo, no Espacio Arte Abierto
2008 – Rio de Janeiro RJ – Oscar Niemeyer: projetos recentes, na Galeria Anna Maria Niemeyer
2008 – Santiago (Chile) – Poética de la Forma, no Museo Nacional de Bellas Artes de Santiago de Chile
2009 – Rio de Janeiro RJ – Oscar Niemeyer 1999-2009, na Galeria Anna Maria Niemeyer

Exposições Coletivas

1979 – São Paulo SP – 15ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1981 – Brasília DF – Mostra de Artes Plásticas de Arquitetos, no Instituto de Arquitetos do Brasil. Direção Nacional
1983 – Chicago (Estados Unidos) – From Aleijadinho to Niemeyer, no Illinois Institute of Tecnology
1983 – Nova York (Estados Unidos) – From Aleijadinho to Niemeyer, na ONU
1984 – São Paulo SP – Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras, na Fundação Bienal
1986 – Havana (Cuba) – 2ª Bienal de Havana, na Plaza de Armas do Castillo de la Real Fuerza
1988 – São Paulo SP – De Gaudí a Niemeyer, na Traço Galeria de Arte
1988 – Nova York (Estados Unidos) – Brazil Projects, no P. S. 1
1989 – Genebra (Suíça) – Homenagem aos 40 Anos da Declaração Universal dos Direitos do Homem, no Palácio das Nações
1990 – Brasília DF – Brasília, 30 Anos, na Performance Galeria de Arte
1990 – São Paulo SP – Croquis – a Criação do Arquiteto, no Instituto de Arquitetos do Brasil. Departamento de São Paulo
1991 – Rio de Janeiro RJ – É um Rio que Flui em Nossas Vidas, no Instituto de Arquitetos do Brasil. Departamento do Rio de Janeiro
1992 – Rio de Janeiro RJ – Saudades do Brasil: a era JK, no MAM/RJ
1992 – São Paulo SP – Saudades do Brasil: a era JK, no Masp
1993 – La Paz (Bolívia) – 3ª Bienal Internacional de Arquitetura – 1º prêmio
1993 – Rio de Janeiro RJ – Mostra Latino-Americana de Arquitetura, no Rio Design Center
1993 – São Paulo SP – Mostra Latino-Americana de Arquitetura, no Museu da Casa Brasileira
1993 – São Paulo SP – 2ª Bienal Internacional de Arquitetura – Sala Especial a Oscar Niemeyer, na Fundação Bienal
1996 – Veneza (Itália) – 6ª Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza, no Pavilhão do Brasil nos Jardins Giardini – Prêmio Leão de Ouro
1997 – Brasília DF – 10 Anos de Brasília: patrimônio cultural da humanidade, no Teatro Nacional Cláudio Santoro
1998 – Rio de Janeiro RJ – O Rio Jamais Visto, no CCBB
1999 – São Paulo SP – Cotidiano/Arte. O Consumo. Paratodos, no Itaú Cultural
1999 – São Paulo SP – Década de 50 e seus Envolvimentos, na Jo Slaviero Galeria de Arte
2000 – Valência (Espanha) – De la Antropofagia a Brasilía: Brasil 1920-1950, no IVAM. Centre Julio Gonzáles
2001 – Rio de Janeiro RJ – A Imagem do Som de Antônio Carlos Jobim, no Paço Imperial
2002 – Brasília DF – JK – Uma Aventura Estética, no Conjunto Cultural da Caixa
2002 – Niterói RJ – A Recente Coleção do MAC, no MAC/Niterói
2002 – São Paulo SP – Da Antropofagia a Brasília: Brasil 1920-1950, no MAB/Faap
2003 – São Paulo SP – Escultores – Esculturas, na Pinakotheke
2003 – São Paulo SP – Israel e Palestina: dois estados para dois povos, no Sesc Pompéia
2003 – São Paulo SP – Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira, no Instituto Tomie Ohtake
2004 – Rio de Janeiro RJ – Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira, no MNBA
2004 – Curitiba PR – A Poética da Forma, no Museu Oscar Niemeyer
2004 – Curitiba PR – Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira, no Museu Oscar Niemeyer
2005 – Niterói RJ – A Poética da Forma, no MAC/Niterói
2007 – Curitiba PR – Arte no Espaço e no Tempo, no Museu Oscar Niemeyer
2007 – Curitiba PR – Oscar Niemeyer: arquiteto, brasileiro, cidadão, no Museu Oscar Niemeyer
2009 – Prato (Itália) – After Utopia, no Centro Per l’Arte Contemporanea Luigi Pecci
2010 – São Paulo SP – 41º Chapel Art Show, na Chapel School
2010 – Rio de Janeiro RJ – Acervo, na Galeria Anna Maria Niemeyer
2010 – Veneza (Itália) – 50 Anos Depois de Brasília, no Giardini della Biennale
2011 – São Paulo SP – 7º SP-Arte, na Fundação Bienal

anterior proximo

Pin It on Pinterest

Share This