Escolha uma Página

Artistas | Claudio Kuperman

anterior proximo

Trabalhos

Currículo

Claudio Kupperman (São Paulo SP 1943). Pintor, desenhista, escultor, gravador e professor de artes plásticas. Em 1960, estuda gravura em metal e litografia com Marcelo Grassmann (1925), Mário Gruber (1927), Darel (1924) e Eduardo Sued (1925) na Fundação Armando Álvares Penteado – Faap. Em 1962, estuda pintura e desenho com Joan Ponç (1927 – 1984) no ateliê LEspai, em São Paulo. Em 1965, recebe bolsa de estudos em artes plásticas do governo francês. Em 1969, muda-se para a Holanda e faz estágio no Stedelijk Museum, em Amsterdã, realizando duas grandes esculturas que participam de exposições no próprio museu e, posteriormente, em Paris. Em 1970, passa a residir em Milão, e, no ano seguinte, retorna ao Brasil, residindo em Angra dos Reis, Petrópolis e, em 1975, no Rio de Janeiro. Realiza, em 1984, A Grande Tela, obra em parceria de Luiz Aquila (1943) e John Nicholson (1951), exposta no Centro Cultural Cândido Mendes – CCCM, no Rio de Janeiro. Em 1997, é lançado o livro Claudio Kuperman, com texto de Frederico Morais, pela Editora Salamandra.

 

Formação

1960 – São Paulo SP – Estuda gravura em metal e litografia com Marcelo Grassmann (1925), Mário Gruber (1927), Darel (1924) e Eduardo Sued (1925) na Fundação Armando Álvares Penteado – Faap
1962 – São Paulo SP – Estuda pintura e desenho com Joan Ponç (1927 – 1984) no ateliê LEspai
1965 – Paris (França) – Recebe bolsa de estudos em artes plásticas do governo francês

 

Cronologia

Escultor, desenhista, gravador, professor, pintor

1969 – Amsterdã (Holanda) – Faz estágio no Stedelijk Museum, realizando esculturas que participam de exposições
1970 – Milão (Itália) – Reside nessa cidade
1971 – Angra dos Reis RJ – Retorna ao Brasil, residindo inicialmente nessa cidade
1974 – Flamengo RJ – Ministra o curso Materiais Novos no Instituto de Arquitetos do Brasil – IAB
1975 – Rio de Janeiro RJ – Ministra o curso Materiais Sintéticos, na oficina de escultura do Museu de Arte Moderna – MAM/RJ
1975 – Rio de Janeiro SP – Passa a residir nessa cidade
1975 – Rio de Janeiro RJ – Professor na oficina de escultura no MAM/RJ
1976 – Petrópolis RJ – Ministra o curso Ateliê de Verão, na Universidade Católica de Petrópolis – UCP
1978/1979 – Rio de Janeiro RJ – Professor na EAV/Parque Lage
1984 – Rio de Janeiro RJ – Realiza a obra A Grande Tela, em conjunto com Luiz Aquila (1943) e John Nicholson (1951), exposta no Centro Cultural Cândido Mendes – CCCM
1997 – Rio de Janeiro RJ – É lançado o livro Claudio Kuperman, com texto de Frederico Morais, pela Editora Salamandra

 

Exposições Individuais

1964 – São Paulo SP – Primeira individual, na Galeria KLM
1965 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Atrium
1968 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Art-Art
1971 – Milão (Itália) – Individual, na Galleria Modulo
1979 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Paulo Klabin
1980 – Londres (Inglaterra) – Individual, na Hamiltons Art Gallery
1981 – São Paulo SP – Individual, na Galeria R. Camargo
1982 – São Paulo SP – Individual, na Galeria São Paulo
1982 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Paulo Klabin
1984 – Munique (Alemanha) – Individual, na Galeria Maeder
1986 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Montesanti
1986 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Realidade
1989 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Montesanti
1987 – Nova York (Estados Unidos) – Individual, na Sculptures Gallery
1988 – Madri (Espanha) – Arco, na Galeria Realidade
1989 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Montesanti Roesler
1994 – Rio de Janeiro RJ – Kuperman – A Capela, no Paço Imperial

 

Exposições Coletivas

1963 – São Paulo SP – 1ª Exposição do Jovem Desenho Nacional, na Fundação Armando Álvares Penteado/Biblioteca da Fundação
1963 – São Paulo SP – 2º Salão do Trabalho, na Galeria de Arte das Folhas – menção honrosa
1964 – Belo Horizonte MG – 1ª Exposição do Jovem Desenho Nacional, no MAP
1964 – São Paulo SP – Gravuras, na Faap
1964 – Brasília DF – Salão de Artes Plásticas do Distrito Federal
1964 – Ribeirão Preto SP – 1ª Exposição da Jovem Gravura Nacional
1964 – São Paulo SP – 1ª Exposição da Jovem Gravura Nacional, no MAC/USP
1965 – Belo Horizonte MG – 1ª Exposição da Jovem Gravura Nacional, no MAP
1965 – Assunção (Paraguai) – Quatro Escuelas del Grabado en Brasil
1965 – Curitiba PR – 1ª Exposição da Jovem Gravura Nacional, na Secretaria do Estado de Educação
1965 – Florianópolis SC – 1ª Exposição da Jovem Gravura Nacional, no Masc
1966 – Paris (França) – Paris Quatre Artistes Etrangers, na Galerie de Beaux-Arts – prêmio especial
1967 – Paris (França) – 5ª Biennale de Paris
1967 – Paris (França) – Coletiva, nas Galerias Le Trigone
1967 – Paris (França) – Coletiva, na Claude Levin
1968 – Amsterdã (Holanda) – Coletiva, na Galeria 854
1968 – Paris (França) – Le Jouet, na Galerie Saint-Luc
1968 – Paris (França) – Salon Comparaisons, no MAM
1969 – Paris (França) – 1ª Exposition Europlastiques
1969 – Paris (França) – LArt dans de Morais
1969 – Amsterdam (Holanda) – Coletiva, no Stedelijk Museum
1969 – Paris (França) – Coletiva, no Centre des Créations de Saint Germain
1969 – Paris (França) – Salon de Mai
1970 – Brescia (Itália) – Coletiva, na Galleria Acme
1970 – Milão (Itália) – LOggeto Perduto in Casa de Desiderio, na Galleria Módulo
1970 – Nantes (França) – Coletiva, no Musée de Beaux-Arts de Nantes
1970 – Gênova (Itália) – Coletiva, na Galleria Bertesca
1970 – Paris (França) – Nouvelles Recherches, na Fondation Gildas Fardel
1973 – Rio de Janeiro RJ – O Rosto e a Obra, na Galeria Grupo B
1979 – Rio de Janeiro RJ – 2º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1980 – Curitiba PR – 37º Salão Paranaense, no Teatro Guaíra – menção especial
1980 – Rio de Janeiro RJ – Outra Pintura, na Livraria Noa Noa
1981 – Curitiba PR – 38º Salão Paranaense, no Teatro Guaíra
1981 – Rio de Janeiro RJ – 4º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1982 – Rio de Janeiro RJ – Entre a Mancha e a Figura, no MAM/RJ
1982 – Rio de Janeiro RJ – 5º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1983 – Rio de Janeiro RJ – Cláudio Kuperman, Luiz Aquila, Charles Watson, John Nicholson: trabalhos recentes, na Galeria Cesar Aché
1983 – Rio de Janeiro RJ – 6º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1983 – São Paulo SP – 14º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1984 – Fortaleza CE – 7º Salão Nacional de Artes Plásticas
1984 – Rio de Janeiro RJ – A Grande Tela, no Centro Cultural Candido Mendes – CCCM
1984 – Rio de Janeiro RJ – 7º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1984 – Rio de Janeiro RJ – Viva a Pintura, na Petite Galerie
1984 – São Paulo SP – Arte na Rua 2
1984 – Niterói RJ – Coletiva, na Universidade Federal Fluminense – UFF
1985 – Rio de Janeiro RJ – Arte Construção: 21 artistas contemporâneos, na Galeria do Centro Empresarial Rio
1985 – Rio de Janeiro RJ – Encontros, na Petite Galerie
1985 – Rio de Janeiro RJ – Velha Mania: desenho brasileiro, na EAV/Parque Lage
1985 – São Paulo SP – Destaques da Arte Contemporânea Brasileira, no MAM/SP
1985 – São Paulo SP – Painel do Café, no MAM/SP
1985 – São Paulo SP – Tendências do Livro de Artista no Brasil, no CCSP
1985 – Niterói RJ – Tendências do Livro de Artista no Brasil – Arte Brasileira Atual: 1985, na Galeria de Artes UFF
1986 – Ottawa (Canadá) – Brazilian Contemporary Prints, no Front Gallery
1986 – São Paulo SP – 17º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1987 – Nova York (Estados Unidos) – Industrialization Before and After, na 14 Sculptures Gallery
1987 – Rio de Janeiro RJ – Coletiva, na Galeria Petrobrás
1988 – Rio de Janeiro RJ – Abolição, na Galeria de Arte Ipanema
1988 – Rio de Janeiro RJ – Japão, no Rio Design Center
1988 – São Paulo SP – 19º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1989 – Rio de Janeiro RJ – O Mestre e a Mostra, na EAV/Parque Lage
1989 – Rio de Janeiro RJ – Abstratos 89, na Galeria Montesanti-Roesler
1991 – Maceió AL – 2ª Mostra Internacional de Esculturas Efêmeras
1991 – São Paulo SP – A Árvore de Cada Um, na Galeria Montesanti Roesler
1991 – Recife PE – Coletiva, na Galeria Arte-Espaço
1992 – Rio de Janeiro RJ – 1ª A Caminho de Niterói: Coleção João Sattamini, no Paço Imperial
1992 – Rio de Janeiro RJ – Diferenças, no MNBA
1992 – Niterói RJ – 10 Anos da Galeria da UFF, na UFF
1993 – Rio de Janeiro RJ – Centenário, no Centro Cultural Correios
1993 – Rio de Janeiro RJ – O Papel do Rio, no Paço Imperial
1993 – Rio de Janeiro RJ – Paixão do Olhar, no MAM/RJ
1994 – Rio de Janeiro RJ – Sob o Signo de Gêmeos, na Galeria Saramenha
1994 – Rio de Janeiro RJ – Impressões, no EAV/Parque Lage
1994 – Rio de Janeiro RJ – Moriconi – Mestre da Luz, no MNBA
1995 – Rio de Janeiro RJ – Salão em Preto e Branco, no MNBA
1995 – Rio de Janeiro RJ – Cem Anos de Cinema – Cem Filems Nacionais, no MAM/RJ
1996 – Rio de Janeiro RJ – Universidarte, na Universidade Estácio de Sá
1996 – Belo Horizonte MG – Impressões Itinerantes, no Palácio das Artes
1996 – Niterói RJ – Arte Contemporânea Brasileira na Coleção João Sattamini, no MAC/Niterói
1999 – Rio de Janeiro RJ – 500 Anos Depois no Rio: pinturas, no Centro Cultural Correios
2000 – Niterói RJ – Os Três Pintores, no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno
2000 – Rio de Janeiro RJ – Carrossel da Despintura, no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno
2002 – Rio de Janeiro RJ – Seleção do Acervo de Arte da UCAM, no CCCM
2003 – Rio de Janeiro RJ – Alberto Kaplan, Araken Hipólito, Cláudio Kuperman, João Magalhães, John Nicholson e Lia do Rio, na Universidade Estácio de Sá. Galeria Mira Schendel
2003 – Rio de Janeiro RJ – Núcleo de Arte Contemporânea, na Universidade Estácio de Sá. Galeria Mira Schendel
2003 – Rio de Janeiro RJ – Pequenos Formatos, na LGC Arte Hoje
2003 – Rio de Janeiro RJ – Vinte e Cinco Anos: Galeria de Arte Cândido Mendes, no CCCM

anterior proximo

Pin It on Pinterest

Share This