Escolha uma Página

Acervo | Amilcar de Castro

anterior proximo

Trabalhos

Currículo

Amilcar Augusto Pereira de Castro (Paraisópolis MG 1920 – Belo Horizonte MG 2002). Escultor, gravador, desenhista, diagramador, cenógrafo, professor. Muda-se com a família para Belo Horizonte em 1935, e estuda na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, de 1941 a 1945. A partir de 1944, frequenta curso livre de desenho e pintura com Guignard (1896 – 1962), na Escola de Belas Artes de Belo Horizonte, e estuda escultura figurativa com Franz Weissmann (1911-2005). No fim da década de 1940, assume alguns cargos públicos, que logo abandona, assim como a carreira de advogado. Paralelamente, em seus trabalhos, dá-se a passagem do desenho para a tridimensionalidade. Em 1952, muda-se para o Rio de Janeiro e trabalha como diagramador em diversos periódicos, destacando-se a reforma gráfica que realizou no Jornal do Brasil. Depois de entrar em contato com a obra do suíço Max Bill (1908-1994), realiza sua primeira escultura construtiva, exposta na Bienal Internacional de São Paulo, em 1953. Participa de exposições do grupo concretista, no Rio de Janeiro e em São Paulo, em 1956, e assina o Manifesto Neoconcreto em 1959. No ano seguinte, participa em Zurique da Mostra Internacional de Arte Concreta, organizada por Max Bill. Em 1968, vai para os Estados Unidos, conjugando bolsa de estudo da Guggenheim Memorial Foundation com o prêmio de viagem ao exterior obtido na edição de 1967 do Salão Nacional de Arte Moderna (SNAM). De volta ao Brasil, em 1971, fixa residência em Belo Horizonte. Torna-se professor de composição e escultura da Escola Guignard, na qual trabalha até 1977, inclusive como diretor. Leciona na Faculdade de Belas Artes da UFMG, entre as décadas de 1970 e 1980. Em 1990, aposenta-se da docência e passa a dedicar-se com exclusividade à atividade artística.

Exposições Individuais

1969 – Nova York (Estados Unidos) – Individual, na Kornblee Gallery
1970 – Nova York (Estados Unidos) – Individual, no Convent of Jesus Sacred Heart
1978 – São Paulo SP – Amilcar de Castro: desenhos, no Gabinete de Artes Gráficas
1979 – Rio de Janeiro RJ – Individual, no MAM/RJ
1980 – Rio de Janeiro RJ – Amilcar de Castro: desenhos e litografias, na Galeria Gravura Brasileira
1980 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1981 – Belo Horizonte MG – Individual, na Gesto Gráfico Galeria de Arte
1982 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1983 – Belo Horizonte MG – Individual, na Gesto Gráfico Galeria de Arte
1983 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Thomas Cohn
1985 – Belo Horizonte MG – Individual, na Gesto Gráfico Galeria de Arte
1985 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Thomas Cohn
1986 – Ouro Preto MG – Amilcar de Castro: desenhos e esculturas, no Museu da Inconfidência
1986 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Paulo Klabin
1986 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1987 – Belo Horizonte MG – Individual, na Galeria de Arte Fernando Paz
1987 – Belo Horizonte MG – Individual, na Galeria de Arte Lucchesi
1987 – Belo Horizonte MG – Individual, na Itaugaleria
1987 – Belo Horizonte MG – Individual, na Lucchesi Galeria de Arte
1987 – São Paulo SP – Amilcar de Castro: desenhos e esculturas, na Unidade II da Galeria de Arte
1988 – Brasília DF – Amilcar de Castro: desenhos, esculturas e gravuras, no Espaço Capital Arte Contemporânea
1988 – Ribeirão Preto SP – Amilcar de Castro: retrospectiva, no Ribeirão Preto Promoções de Artes Plásticas
1988 – São Paulo SP – Individual, na Galeria de Arte Paulo Vasconcellos
1989 – Belo Horizonte MG – Individual, na Gesto Gráfico Galeria de Arte
1989 – Rio de Janeiro RJ – Individual, no Paço Imperial
1989 – São Paulo SP – Amilcar de Castro: esculturas, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1989 – Tóquio (Japão) – Individual, no Hara Museum of Contemporary Art
1990 – Belo Horizonte MG – Individual, na Galeria Novo Tempo
1990 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Thomas Cohn
1990 – São Paulo SP – Amilcar de Castro: o espaço do artista quando jovem, no Paço das Artes
1991 – Belo Horizonte MG – Individual, no Cemig. Espaço Cultural Galeria de Arte
1991 – Belo Horizonte MG – Individual, no Fernando Pedro Escritório de Arte
1992 – Belo Horizonte MG – Manoel Macedo Galeria de Arte: 10 Anos: Amilcar de Castro, na Manoel Macedo Galeria de Arte
1992 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1993 – Niterói RJ – Amilcar de Castro: desenhos e esculturas, na Galeria de Arte Universidade Federal Fluminense
1993 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1994 – São Paulo SP – Amilcar de Castro: desenhos e esculturas, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1996 – Buenos Aires (Argentina) – Un Exponente del Concretismo Brasileño, na Galeria Portinari
1996 – Florianópolis SC – Amilcar de Castro: desenhos, gravuras e maquetes, no Museu Victor Meirelles
1996 – Recife PE – Amilcar de Castro: esculturas e desenhos, no Mamam
1997 – Curitiba PR – Individual, na Ybakatu Espaço de Arte
1998 – Goiânia GO – Individual, na Fundação Jaime Câmara
1998 – Rio de Janeiro RJ – Individual, no Palácio Gustavo Capanema
1998 – São Paulo SP – Individual, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1999 – Belo Horizonte MG – Individual, na Kolams Galeria de Arte
1999 – Recife PE – Amilcar de Castro: esculturas e desenhos, no MAMAM
1999 – Rio de Janeiro RJ – Amilcar de Castro: esculturas e desenhos, no Centro de Artes Hélio Oiticica
2000 – Belo Horizonte MG – Individual, na Kalil e Lauar Galeria de Arte
2000 – São Paulo SP – Amilcar de Castro: 80 anos, na Galeria Thomas Cohn
2001 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Thomas Cohn
2001 – São Paulo SP – Individual, na Pinacoteca do Estado
2002 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Silvia Cintra Galeria de Arte
2002 – Rio de Janeiro RJ – Individual, no Armazém do Rio

anterior proximo

Pin It on Pinterest

Share This